Mídias Sociais
Facebook
Twitter
Instagram
Pinterest
Youtube

"Gordos, magros e obesos" finalista do Prmio Rio!

Gordos, magros e obesos — uma história do peso no Brasil, de Denise Bernuzzi de Sant’Anna, acaba de ser selecionado para a fase final do 2º Prêmio Rio de Literatura! O livro foi escolhido entre os mais de 300 inscritos e está concorrendo ao grande prêmio na categoria Ensaio. Veja todos os inscritos no site do prêmio. Leia abaixo nosso especial sobre o livro e sua cobertura pela mídia, e siga os links para ler entrevista com a autora falando sobre corporalidade e suas influências ou para saber mais sobre sua participação na Bienal do Livro de São Paulo em 2016, ao lado de Mary del Priore. 

 

Lançado em setembro de 2016, o livro oferece um panorama histórico da sociedade brasileira desde o século XX até os dias de hoje. A autora usa como guia para seu livro o conceito de corpo e todas as implicações sociais que vêm com a condição corporal — neste caso, com um olhar específico para as questões da gordura e da magreza. Desta forma, ao investigar a relação dos brasileiros com seus corpos, Denise faz uma análise de aspectos importantes da vida privada no país, ao mesmo tempo em que disseca as ideias e motivações que constroem os discursos médicos, publicitários, industriais e políticos em torno do corpo.

Veja abaixo alguns dos destaques da cobertura feita pela mídia brasileira e internacional:

A Folha de Londrina destacou o livro em uma resenha de Marcos Losnak, intitulada “Osso e banha”. O texto comenta os detalhes do cotidiano que contribuíram para mudar as percepções de magreza a obesidade. “[Após a década de 1950], a ideia de gordo e magro sofreu profundas transformações. Surgem as primeiras balanças nas farmácias, os primeiros supermercados com produtos à disposição das mãos, os primeiros alimentos industrializados, os medicamentos para controle de peso e dietas femininas mirabolantes”, escreveu Losnak.

 Resenha de

Resenha de "Gordos, magros e obesos" no Caderno 2 do jornal O Estado de S. Paulo 

 

No Estado de S. Paulo, o responsável por resenhar o livro foi Marcos Guterman. Em seu texto, Guterman elogia o “precioso livro” de Denise, que mostra que “a forma natural como julgamos corpos considerados obesos é na verdade fruto de longa, controversa e ainda inacabada disputa em variados níveis – econômico, político, social e cultural.”

A revista mensal Pesquisa Fapesp é outro veículo que voltou suas atenções a Gordos, magros e obesosNa resenha, Pollyanna Fernandes Patriota e Ana Lydia Sawaya se detiveram em um aspecto central na discussão sobre o peso corporal: a alimentação. “Tais exigências [de cuidado com a silhueta] têm favorecido a destruição do ato de alimentar-se como algo cultural, belo e prazeroso, e como ato social, considerando os terrorismos alimentares acolhidos por nossa sociedade atual e tão massivamente divulgados pela mídia.”

 

"O gordo e o magro", personagens de humor do cinema mudo 


O olhar estrangeiro veio do jornal português Público. Manuela Barreto resumiu as linhas gerais do livro ao escrever que ele consegue explorar a “história social dos valores estéticos, da relação homem-mulher, da saúde, da higiene, dos consumos, dos hábitos alimentares; dá-nos a história urbana, da indústria, do trabalho.” A matéria também elogia a forma como a autora “vai reunindo factos e elucidando tendências, deixando alertas, construindo um quadro alargado e problematizante com base em fontes próximas como sejam jornais, revistas, textos literários e científicos que vão espelhando o sentir social. E falando do corpo, seu tema por excelência.”

 

*** 

 

 

Capa de

Clique aqui para mais informações ou para adquirir "Gordos, magros e obesos – Uma história do peso no Brasil", de Denise Bernuzzi de Sant'Anna.

Clique aqui para ler o começo do livro

 

Facebook


Rua Dona Elisa, 116 | 01155-030 | Barra Funda | São Paulo - SP
Tel.: (11) 3660-3180
© Copyright 2017 | Estação Liberdade ® Todos os Direitos Garantidos | Desenvolvido por Convert Publicidade