Mídias Sociais
Facebook
Twitter
Instagram
Pinterest
Youtube

A China dos riquixs (e de Lao She)


O lanamento do romanceO garoto do riquix, de Lao She(18991966), em traduo do chins de Mrcia Schmaltz, marca a primeira em vez que o autor, um dos mais populares e prestigiados escritores chineses do sculo XX, traduzido no Brasil.Clique aqui para ler o primeiro captulo do livro.

Publicado em 1937, o livro teve grande sucesso nos anos seguintes a seu lanamento, ganhando rapidamente tradues para o ingls, o japons e o russo. O garoto do riquix foi considerado um marco na literatura moderna chinesa pelo fato de o autor ter voltado suas atenes para o povo e para as ruas, tanto na temtica (que conta a histria de vidas entre as classes mais baixas), quanto no estilo (pois Lao She escreveu seu livro usando o chins coloquial, incorporando a linguagem viva falada nas ruas de Beijing).


Carto postal de 1921.

O garoto do riquixse tornou icnico pela capacidade do autor de capturar e eternizar um importante momento histrico da China. As dcadas de 1920 e 1930, quando a ao do livro se desenrola, foram um momento marcado por conflitos sociais e polticos.

Depois de sculos como uma monarquia imperial sob a Dinastia Qing (16441911), um movimento revolucionrio liderado por pelo mdico Sun Yat-sen (fundador do primeiro partido poltico chins, o Guomindang, Partido Nacionalista do Povo) proclamou a primeira repblica chinesa em 1912. A liderana desejava expulsar os dominadores estrangeiros, recuperar a nao e fazer com que todos tivessem direito terra.

Sun Yat-sen, no entanto, no teve fora poltica para realizar as reformas planejadas pelo Guomindang. Apesar da nova repblica, o pas estava, na prtica, sem governo central. Nas provncias, os senhores de terras tornaram-se senhores de guerra, usando exrcitos particulares para impor seus domnios polticos, mantendo os camponeses sobre duros regimes de obrigaes feudais. Sun Yat-sen foi afastado do poder e Yuan Shikai, um dos principais lderes militares, assumiu.

Manifestantes do movimento 4 de Maio

Em 1919, a China foi sacudida por manifestaes estudantis e populares, pedindo a volta de Sun Yat-sen. O movimento ficou conhecido como Quatro de Maio e ajudou a lanar novas ideias de patriotismo, democracia e anti-imperialismo no pas.

Em 1921, um grupo de marxistas chineses fundou o Partido Comunista da China (PC), que chegou a se articular com o Guomindang para executar reformas no pas. Aps a morte de Sun Yat-sen, no entanto, a nova liderana do Partido Nacionalista do Povo entrou em uma sangrenta guerra civil com o PC. A China se via profundamente dilacerada internamente e cada vez mais assediada pelos vizinhos japoneses, que desejavam dominar o territrio chins.

Ao mesmo tempo, na contramo da briga poltica, ares da modernidade ocidental chegavam China, evocando a belle poque europeia. nesta poca que se popularizam o jazz e os cafs, novas ideias comeam a circular, e as mulheres comeam a ter um pouco mais de liberdade essas mudanas, no entanto, beneficiaram a poucos, e a grande maioria da populao continuava vivendo uma dura vida na zona rural ou nas fbricas e subempregos nos centros urbanos.

 Fotos de Heinz von Perckhammer


No meio deste furaco, encontramos Xiangzi. ele o protagonista da histria, a personagem criada por Lao She com inspirao em figuras reais para dar vida a esta poca. Xiangzi, que recebe na cidade o apelido de Camelo, um rapaz que sai do campo e vai Beijing para tentar a sorte trabalhando nas ruas como puxador de riquix. Digno, batalhador, idealista, solidrio, forte e admirvel, estas so algumas das caractersticas que Lao She usa para descrever seu protagonista.

Ao nos mostrar os caminhos de Xiangzi, os obstculos que se apresentam a ele e todo o universo de pessoas que o circundam dos patres, clientes e colegas at os interesses amorosos Lao She cria um pico em miniatura, sintetizando todos os conflitos do pas na luta de um homem pelo controle de seu prprio destino.

Para isso, o autor mergulhou em pesquisas e coleta de materiais. Isso tudo para poder ir s razes, mostrar o interior psicolgico de Xiangzi, descrever com preciso a sociedade em que ele habitava e criar uma narrativa de grande dimenso social. Estes e outros detalhes do processo criativo do autor esto no posfcio desta edio, no texto Como escrevi O garoto do riquix, escrito por Lao She em 1945. Neste posfcio, o autor tambm afirma que, ao acabar O garoto do riquix, estava mais satisfeito do que com qualquer trabalho anterior: Quando se pensa intensamente, a caneta ganha a propriedade de escrever com sangue e lgrimas.

O AUTOR

Vindo de uma famlia pobre e de minoria manchu, Lao She conseguiu estudar em uma escola privada com uma bolsa de estudos e depois, em 1918, se formou na Escola Normal de Beijing. Na dcada de 1920, morou por alguns anos em Londres, onde trabalhou como professor de chins, entrou em contato com a literatura ocidental e escreveu suas primeiras obras, sob influncia de autores como Joseph Conrad, Thomas Hardy e Charles Dickens. Nos anos 1930, j de volta a seu pas, pediu demisso de seu cargo na Universidade de Shandong para poder dedicar-se exclusivamente escrita. Foi nessa poca que escreveu O garoto do riquix, serializado na revista Yuzhoufeng. Entre os intelectuais, tornou-se rapidamente um dos mais crticos invaso japonesa China ocorrida em 1937, e o principal organizador da frente nacional dos escritores e artistas em resistncia contra o Japo.

Ao final da Segunda Guerra, a convite do governo dos EUA, viveu um perodo em Nova Iorque, realizando conferncias e escrevendo, at retornar em definitivo ao seu pas natal em 1949, aps a fundao da Repblica Popular da China. Neste perodo escreveu suas principais peas, entre elas A casa de ch, e atuou na Assembleia Nacional do Povo e na Associao de Escritores da China. Em 1951, recebeu o ttulo de Artista do Povo da prefeitura de Beijing.

Apesar de sua carreira notoriamente patritica e os servios prestados a seu pas, Lao She se tornou alvo da Revoluo Cultural sua averso a ideologia e crticas modernistas despertaram a desconfiana do regime. Acusado, juntamente com mais de 30 outros escritores e artistas, de ser capitalista e antirrevolucionrio, Lao She foi perseguido e torturado pelos guardas vermelhos em 23 de agosto de 1966. Na madrugada do dia 24 de agosto, Lao She, o Artista do Povo, que crescera pelas ruelas de Beijing, passou suas ltimas horas no Lago Taiping, onde acabou por se jogar e acabar com a prpria vida. As circunstncias de sua morte ainda so uma ferida viva na histria do pas.

Busto de Lao She no memorial em sua homenagem em Beijing.

Aps sua morte, a obra de Lao She foi proibida, a ponto de sua famlia ter tido que esconder seus manuscritos para evitar que fossem destrudos. S em 1978, com a queda de Mao Ts-Tung, ele foi reabilitado e recolocado entre os principais escritores chineses do sculo.

Facebook


Rua Dona Elisa, 116 | 01155-030 | Barra Funda | São Paulo - SP
Tel.: (11) 3660-3180
© Copyright 2017 | Estação Liberdade ® Todos os Direitos Garantidos | Desenvolvido por Convert Publicidade